segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Depois do medo

Depois do medo o que sobra?
A angústia chega! O receio, a falta de direção.
É estranho sentir que não se tem pra onde ir,
se sentir triste, ter vontade de chorar mesmo sem ter um motivo...
Ow será que só eu ainda não percebi que essa angústia é proviniente do medo que falei anteriormente.
Vontade de correr sem rumo, de fugir dos meus bichos...
Muitas vezes a vontade é de ficar inerte, esperando que as coisas aconteçam sem a minha interferência...
Às vezes me pego pensando...será que eu estou certa?
Será que vale a pena? Será que preciso mesmo me contestar e me confrotar?
Me pego pensando em mudanças mais ainda me apego tanto no presente...
Tô perdida denovo...mais dessa vez sei que posso achar um norte antes de afundar outra vez.
Dessa vez sei que o poder dá mudanças está só em minhas mãos... E que eu posso mudar...
..............................................................................
A música de hoje é da Colbie Caillat e se chama Midnight Bottle...eu já conhecia a mais tempo, e agora colocaram ela naquela novela das 7hs...rs! Apesar da letra não ser lá essas coisas a música me faz pensar em coisas boas...é gostosa demais.

Colbie Caillat - Colbie Caillat - Midnight Bottle





..............................................................................
CONSIDERAÇÕES FINAIS
-> Di,pescoço, brigada por ser sempre meu amigo, brigada por tá comigo em todos os meus momentos, brigada por ser meu porto seguro, meu cais, meu ombro amigo! TE ADORO MUITO!!!
-> Horário de verão é um saco, acordar as 6:30 da manhã e ver tudo escuro é uma droga!
-> CRUZEIIIIIIIIIIIIIIRO... 2 x 0 e o patético dançou de novo conforme a nossa música!
-> Noite sem sono...1:45 da manhã e eu ainda acordada!aff
..............................................................................
Música extra...rs! Em homenagem ao meu, o seu o nosso, glorioso time celeste... CRUZEIRO, O GUERREIRO DOS GRAMADOS...

Mafia Azul - Guerreiro dos gramados








Boa semana pra todos!

4 comentários:

Moises Prado disse...

Primeiro é muito bom ver vc compartilhar suas emoçoes assim conosco; contrapondo o q o mundo tenta ensinar, o mal de nos mostrarmos fortes o tempo todo.
Somos frágeis, e vc escreve sem medo ou receio algum.

Complexo sao nossos sentimentos, e a vida nos leva a tomar tantas decisoes...

Sempre é preciso parar um tempo pra pensar, pra bater um papo com as pessoas...
Filtrar o q for bom, enfim, colocar as coisas na "balança".
Nao digo q é facil, as vezes queremos fugir sim...
mas no final so vc pode decidir por vc!

Como tu disse ao terminar o texto, eu reafirmo.
A "chave" está sempre com vc, ao alcanse de suas maos!!

Conte sempre comigo, ta?!
bjao

PS: nosso timao é demais!!...
ainda bem q nao acordo a essa hora, viu?! rsrsrs

Old Bird disse...

lhe falar muitas coisas, mas meus bichos me assombram tbm, as vezes não saberia dizer algo relevante.
mas o fato é que ficar parado não rola...td acontece e não podemos simplesmente existir, ficar inerte..
bjuuus pekena.

ps.: quero lhe contar algumas novas, cheguei do interior essa semana, ta td tão lindo por la..queria lhe contar.
bjus

Jean Piter disse...

Tú de mudanças de novo?
hum...
Espero que seja para melhor.

Mantenha contato.

beijo pra ti

Anônimo disse...

Depois do medo, aparece um jovem rapaz, cheio de amor e ternura que busca incessantemente por um espaço, um brecha que permitiria que ele entrasse pra te conhecer, e sentir cada sonho, cada desejo, cada vontade sua, e uma a uma ir te contemplando ate que você se sinta completamente saciada, cheia de amor, que ele transborde em seu olhar, e permita que o brilho eminente ofusque qualquer outro sentimento que poderia talvez impedi-lo se seguir seu curso, como uma lagrima que nasce em teus olhos, desce rolando em sua face e morre cheia de prazer em sua boca.