sexta-feira, 25 de março de 2011

Não sei!

...estou procurando, estou procurando. Estou tentando me entender. Tentando dar a alguém o que vivi e não sei a quem, mas não quero ficar com o que vivi. Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. Clarice Lispector
 Acho que todo mundo nessa vida,passa por crises.
Crises de identidade, crises profissionais, crises sentimentais.
Mas o pior tipo de crise, é quando se entra em crise consigo mesmo.


Se eu pudesse um dia voltar atrás, faria muita coisa diferente.
Sei que sempre digo que não devemos nos arrepender daquilo que fazemos e sim do que deixamos de fazer, mas se eu pudesse, hoje teria menos cicatrizes, menos lembranças ruins, menos ressentimentos.


"Não sei o que fazer do que vivi." não sei mesmo Clarice.


E por mais que eu tente esquecer, as feridas sempre vão doer, e a qualquer lembrança, vão sangrar!


Queria não ter vivido tudo o que vivi. Mas queria saber reconhecer um erro antes dele acontecer, queria poder impedir o aparecimento de tantas cicatrizes.


Mas já que não posso, vou vivendo com o que vivi, do jeito que dá pra viver!   
.................................................................
- Tanto tempo sem escrever uma linha, será que alguém ainda lembra que o Muito de Mim existe!
- Pra quem lê e ainda não sabe, eu e o Bruno ficamos noivos...rs

4 comentários:

Vivi disse...

Oiii!
Sei mto bem o q vc está sentindo, até pq eu também estou passando pela mesma situação...
Mas eu tento interpretar as coisas pelo lado bom sabe... Os erros que a gente comete, as burradas, os fracassos, servem mto pro nosso amadurecimento... Tente pensar por esse lado!!
Seja feliz, vc merece!
Bjos,
Vivi

Carol- Alfinetes disse...

Foca no futuro sempre.
Bj
http://www.alfinetesdemorango.com

zuki disse...

ta no ar essa onda de noivados!! rsrsrsr

boa sorte pra você, nesse novo rumo que a vida lhe propoe!!
vlws

henrique peixoto disse...

o comentario acima foi meu mesmo...HP
tava logado em outra conta..sorry!!