quinta-feira, 22 de abril de 2010

Deixa a menina brincar

Depois de tanto tempo vivendo como adulta
Aquela menina precisa de um tempo como criança.
Acordou pedindo a Deus um banho que lavasse a alma.
Entardeceu e ela descobriu que tinha um santo forte...
Deus mandou uma chuva daquelas.
Saiu pela rua brincando de ser feliz.
Gente estranha olhando, curiosos apontando...
deviam estar pensando, olha a louca ali sorrindo, enquanto fica toda molhada.
Uma senhora preocupada mandou sair da chuva porque ia ficar resfriada.
Gente chata, gente adulta...
Porque não deixar a menina brincar de ser feliz,
Porque não deixar a menina brincar de ser menina outra vez!
E assim ela voltou pra casa...
Molhada da chuva, com a alma lavada!

2 comentários:

serginho disse...

sou fã dessa pequena linda...
escreve muitoooooo
bjãooooooooo

Moises Prado disse...

Demais Thamiris!
parabens!!

as pessoas tem medo da felicidade, da liberdade, da inocencia, da vida!...

Olha essa frase do Rubem Alves q bacana, tem tudo a ver:

"A alma é uma borboleta...
há um instante em que uma voz nos diz que chegou o momento de uma grande metamorfose..."

Demais ne?!...

Que saudades de ti viu!
esqueci do Muito de mim nao,
é so falta de tempo mesmo...

manda noticias, some nao,
bjao!