domingo, 18 de maio de 2008




Eu fecho a porta pra sua indeferença
Eu tranco as janelas pra sua indecisão
Eu jogo por cima do muro o medo que você me fez todo esse tempo
Eu agora me sinto completamente livre!

THAMIRIS LOPES


Minhas palavras te confudem
Meu olhar não te diz nada
Meu silêncio só assume
Que não preciso dizer mais nada
Decisões, quando tomadas
Pra mim são irrevogáveis!
Espero que você entenda...
Eu sempre quis você
Mas você só me queria como um troféu
E quem muito quer...nada tem!!!


A vantagem de escrever textos literarios é que não é preciso passar pela situações para escrever sobre elas.

na foto eu estava escolhendo uma gravata para papai...fiquei bem de gravata?

bjus


niver da vovó chegando, e o meu tbm...NÃO QUERO FESTA






4 comentários:

Laís Mageste disse...

Liiiinda demaais *-*
ahh, e na foto saiuu a Gabyzuda e o Danieelzãão \o/
saudades demaisss dos meus amoresss!!!

amo muito tudo isso, amo muitoooooo, muito mesmo você Thamiris!!!


beijooooo.

JANPITER disse...

Seus textos estão cada dia melhor.
E a foto, pra variar, tá um charme!
beijos

Moises Prado disse...

Nada como uma decisao tomada e o sentimento de liberdade, mesmo q as vezes doa.

Mais uma vez seu texto ta demais,
e nao é da boca pra fora nao,
acho q vou começar a te chamar de Thamiris Shakespeare! rsrs....

Com certeza!
escrever é acima de tudo imaginar!!
seja um fato vivido ou nao.

Ta linda como sempre na foto!...
agora ja sei quem vou chamar pra escolher minhas gravatas!
rsrs...

bjaooooooooo

Anônimo disse...

dats e nomes
nomes e lembranças
lembranças e sentimentos
sentimentos e conclusoes
conclusoes e decisoes

e a vida vai seguindo seu caminho, sem um rumo certo, escondido em algum lugar.

o seu post hoje, ao le-lo, me pareceu tão familiar.Algo nostalgico.
Vai saber porque.-Acho que sabemos....